R$ 0,00

TESTES

Baralho da Coparentalidade

Código

5827

Aplicação

Intervenção

(R$) 180,00
Em até 4 vezes sem juros no cartão de crédito.
  • Restrição Cadastro
Composição Kit
01   Livro de instruções
10   Cartas Endosso ou reforço da parentalidade do(a) parceiro(a) coparental
10   Cartas Suporte coparental
10   Cartas Proximidade coparental
06   Cartas Colaboração coparental
10   Cartas Acordo coparental
10   Cartas Divisão de cuidados
10   Cartas Exposição ao conflito
10   Cartas Sabotagem coparental
 
 
Objetivo
O Baralho da Coparentalidade visa auxiliar terapeutas e/ ou facilitadores na avaliação e intervenção nas diversas dimensões da coparentalidade (endosso, acordo coparental, divisão do trabalho, proximidade coparental, colaboração coparental, exposição ao conflito sabotagem parental). O material ainda objetiva favorecer a prática dos profissionais, facilitando o acesso a comportamentos relevantes da relação coparental. Os pais, mães e /ou cuidadores se beneficiarão pela prevenção e redução de conflitos coparentais, bem como da construção de uma equipe coparental forte e unida baseada na promoção de dimensões positivas desta relação.
 
População
Este instrumento pode ser ministrado em pais, mães e/ou cuidadores(as) que estão no exercício da coparentalidade.
 
Aplicação
O Baralho da Coparentalidade pode ser utilizado na Clínica ou demais contextos que abordem a relação coparental. O material é destinado aos seguintes profissionais: Psicólogos, Assistentes sociais, Enfermeiros, Psicopedagogos, Advogados e/ou demais profissionais que conduzam alguma modalidade de intervenção com pais/ mães/cuidadores.
 
Tempo
Sem tempo estimado
 
Descrição
É um material pioneiro no Brasil quando se trata de abordar a coparentalidade. Possui abordagem dinâmica, quer seja por meio de cartas ou através das atividades extras, possibilitando a detecção de comportamentos pouco saudáveis para o exercício da coparentalidade, de modo a facilitar a promoção e intervenção nas relações dos cuidadores e filhos(as).
 
O Baralho da coparentalidade pode, inicialmente, facilitar a conceitualização cognitiva familiar (Neufeld, Rebessi, & Cardoso, 2020) e dos pais e/ou mães como parceiros coparentais.
 
De forma geral, é um dos modos de avaliação cognitivo-comportamental e auxilia no planejamento de sessões/ encontros voltados à promoção da qualidade da relação coparental.
 
 

 

Editora

Vetor

Autor

Lívia Lira de Lima Guerra; Bruno Luiz Avelino; Elizabeth Joan Barham; Mark Ethan Feinberg

Categoria

Jogos Lúdicos / Material de Intervenção